(54) 3329-5834 anelisecardinal@hotmail.com (54) 9 9224-7733

As alterações climáticas começaram e com elas se exacerbam as alergias. Espirros, coceiras, tosse seca, nariz entupido são os sintomas mais frequentes. Conheça os principais causadores desses sintomas e previna as crises. Em caso de sintomas intensos ou persistentes, uma avaliação médica é essencial!

 

Esmaltes
Esmaltes de unhas às vezes provocam uma alergia conhecida como dermatite de contato. Diversas substâncias presentes no produto podem causar reações, como o formaldeído, tolueno, cloreto de cobalto e bisfenol A. “Os sintomas mais comuns ocorrem na face, mais especificamente nas pálpebras”, explica o alergista Fábio Morato Castro, presidente da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia.
Como prevenir: a solução é procurar o médico e descobrir a qual componente você é alérgica. Por fim, vale apostar nas linhas hipoalergênicas. Várias marcas já têm suas coleções especiais.

 

Cosméticos
Maquiagens e cremes contêm conservantes, fragrâncias e corantes que podem provocar alergia em algumas pessoas. É o médico que descobre a qual substância você é alérgica.
Como prevenir: use itens hipoalergênicos, cheque a data de validade, limpe pincéis e esponjas e prefira a maquiagem mineral.

 

Shampoos e tinturas
Diversos componentes de shampoos, condicionadores, tinturas e alisantes podem provocar alergia – irgasan, formaldeído, colofônio, por exemplo. Os sintomas incluem descamação, queda de cabelo e até feridas.
Como prevenir: enxague bem o couro cabeludo. E faça sempre o teste da mecha antes de se submeter a uma tintura ou alisamento, certo?

 

Pólen e ácaros
“A famosa rinite alérgica atinge cerca de 30% da população. Entre os sintomas estão espirros em série, coriza e nariz entupido”, comenta Fábio Morato Castro. Os vilões são os ácaros, criaturas microscópicas que moram na poeira. Fungos, animais domésticos e pólen também provocam reações.
Como prevenir: use capas em travesseiros e colchões, cortinas laváveis, evite carpetes e tapetes, prefira edredons a cobertores, capriche na limpeza e abra bem as janelas!

 

Bijuterias
O níquel presente em brincos e afins pode causar inflamação, coceira e muita vermelhidão.
Como prevenir: fique longe de bijus que tenham esse metal.

 

Picadas
Há insetos que sugam o sangue, como pernilongos e pulgas, causam coceira, mas não provocam reações graves. Já os que injetam veneno, como abelhas e formigas, desencadeiam sintomas tão graves nos alérgicos que podem até matar.
Como prevenir: repelentes e telas nas janelas ajudam a proteger. Em caso de reações sérias, vá logo ao pronto-socorro.

 

Alimentos
Frutos do mar, ovos, trigo, leite e corantes de alimentos e medicamentos às vezes causam reações na pele (urticária, inchaço), no aparelho digestivo (diarreia, dores abdominais e vômitos) e no sistema respiratório (tosse, rouquidão e chiado no peito).
Como evitar: procure um médico para descobrir o que provoca a alergia e evite ao máximo consumir esse item.

 

Preservativos
Alguns homens e mulheres são alérgicos a camisinhas de látex. As reações podem ser desconforto, vermelhidão, coceira e até pequenas feridas na região da vagina ou do pênis. Em casos mais graves, pode provocar rinite e até asma.
Como prevenir: use preservativos de poliuretano, que têm a mesma eficácia.

 

Absorventes
Certas mulheres apresentam alergia a substâncias químicas presentes nos absorventes. Os sintomas mais comuns são vermelhidão, irritação da pele e, às vezes, corrimento. O ideal é procurar o médico o quanto antes”, avisa Fábio.
Como prevenir: evite a utilização de absorventes perfumados ou coloridos.

 
Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/saude/fotos/prevencao-trata/alergia-conheca-16-principais-causadores-783586.shtml#1
 

 Imagem: http://jornalismocolaborativo.com/rinite-sinusite-saiba-diferenciar-respire-melhor/

 

Consultório Dra. Anelise Cardinal
Medicina – Estética – Laser
Cuidando da sua saúde e beleza em Carazinho

.